Sempre presente na imprensa, a Logic prova ser uma empresa séria e presente no mercado.

 30 de abril de 2003 - Número 162, CRN Brasil.

EXTREME COLHE BONS RESULTADOS JUNTO AO CANAL

Depois de quase um ano pregando a estratégia de se firmar como a marca número dois no portfólio dos VARs, sem a pretensão de  ser o primeiro fornecedor de switch, agora surgem os frutos para a subsidiária brasileira da Extreme  Networks, que segue a estratégia da matriz.  A comprovação se dá através da quantidade de solicitações de integradores que, nos últimos três meses, vem procurando a fabricante de ativos e soluções para redes publicas e privadas.

Como resultado da estratégia a fabricante firmou contrato com a integradora baiana, Logic Engenharia, para o fornecimento de equipamento de alta performance para redes de computadores. Com isso, a Logic complementa  o leque de produtos que a empresa oferece e possibilita atuar em projetos mais robustos. “Estimamos que com a parceria a Logic aumente o faturamento de 20% a 30%”, conta Marco Antonio Câmara, diretor da integradora. Os dois últimos acordos foram firmados em Salvador. “Outra parceria que fechamos com a Comdados foi fruto do Reseller Fórum”, lembra Mauro Buccos, diretor de canais da Extreme Networks.

A companhia traz novidades para os parceiros, que atualmente somam 12 integradoras que tem foco em implementação de projetos. “O target  e de 20 parceiros second-tier e não vamos passar disso para não perder o foco”, comenta Buccos. Com atuação em contas públicas e corporativas, a fabricante busca, principalmente, parceiros com expertise nos segmentos de segurança, finanças, indústrias e educacional. Também tem oferta de produtos de missão crítica para operadoras e data centers. “Queremos ter um canal fiel”, revela o executivo. Nos planos da Extreme estão prêmios em dinheiro para incrementar as vendas. Quanto as regiões, a necessidade maior da Extreme é atender o centro do país, como em Goiânia e Brasília, além do Rio de Janeiro e interior de São Paulo, como as cidades de Ribeirão Preto e Campinas.

Desde dezembro a distribuidora Network1 responde por todos os parceiros da fabricante, que se responsabiliza por catequizar, gerar leads e pela política de treinamento. “Estamos direcionando todo o second-tier para o distribuidor, que cuida do treinamento operacional técnico e comercial”, explica Buccos.